Maria Clara, pode vir! {parto domiciliar}

setembro 3rd, 2015

Depois do ensaio de gestante, ficamos esperando Maria Clara dar sinais de sua chegada. Mal raiou o primeiro dia de setembro e com ele veio a mensagem de que Lívia estava em trabalho de parto. Cedinho eu já estava lá na casa da família, prestes a ver uma amiga querida ter sua bebê da forma como desejou… por meio de um parto domiciliar planejado, respeitando seu tempo e suas vontades, dentro do que fosse seguro para mãe e bebê.

O trabalho de parto seguiu intenso por toda a manhã. Contrações fortes e doloridas aproximavam Maria Clara de seu nascimento. A hora de conhecer o seu rostinho ia ficando mais perto. Mel, a guardiã de sapatinhos, também aguardava pela chegada de sua irmãzinha humana. Incrível como os animais sentem o que está acontecendo em um parto! E quando Maria Clara nasceu, não chorei sozinha… Mel chorava também. Coisa mais fofa!

Fotografar parto de amigos ou pessoas próximas é muito especial, mas também bastante desafiador. Existe toda uma bagagem emocional e afetiva envolvida. Tudo se torna ainda mais gratificante quando essa amiga é profissional do universo do parto. A Lívia é enfermeira e atua como consultora de amamentação e acupunturista. Fico muito honrada de ter sido escolhida para retratar esse dia tão importante e delicado.

Quatro dias depois, voltei para fazer umas fotos da família, dessa vez com a Maria Clara do lado de fora da barriga. Adoro fotografar recém-nascidos em suas casas. Claro que a chegada de um bebê, especialmente quando é o primeiro, vem acompanhada de um universo desconhecido, noites sem dormir, mas também traz um tanto de olhares e sorrisos babões e um amor que não tem fim. Aqui está um pedacinho da sessão Boas Vindas da Maria Clara.

Equipe Luz de Candeeiro

Ana Cynthia Baraldi – enfermeira obstetra

Iara Silveira – enfermeira obstetra

Guardiã de sapatinhos {família em crescimento}

agosto 28th, 2015

Existem encontros nessa vida que nos fazem acreditar que nada é por acaso. Há algum tempo, uma enfermeira recém chegada a Brasília, representante de um projeto de apoio e assessoria em amamentação, me procurou para fazer uma parceria, dizendo que admirava muito minhas fotografias de parto. Marcamos um encontro pra gente conversar pessoalmente. Foi afinidade desde o início! Papeamos tanto que esquecemos da hora. Fechamos uma parceria e iniciamos uma amizade.

Tempos depois, recebo uma mensagem dizendo mais ou menos assim: “Ana, tenho uma novidade!” Rá! Não sei se por culpa das minhas raízes ou das estrelas, pra mim novidade é praticamente sinônimo de gravidez. Vou dar essa sugestão aos dicionários da vida. Eu estava certa! Minha amiga me dava a notícia de que tinha acabado de descobrir que estava grávida. Fiquei feliz da vida, tanto por ela estar grávida como por ter lembrado de mim com tanto carinho.

Alguns meses se passaram e pude, enfim, fotografar essa família que estava crescendo. Tivemos uma tarde maravilhosa, iluminada pelo sol de inverno de Brasília e pela alegria da Mel, a guardiã de sapatinhos.

Agradecimentos especiais para a amiga querida Beta Bernardo que estava aqui em Brasília e nos deu o prazer de acompanhar esse ensaio, fotografar e se divertir conosco e para a minha assistente linda Gabriela Ribeiro que, entre outras atividades, ficava brincando com a Mel enquanto fotografávamos só o casal.

Lívia e Tiago, como fiquei feliz em participar de tudo isso!

Matando saudade do Dindo lindo {cinco minutos de foto}

julho 15th, 2015

Estávamos brincando com Lorenzo, numa manhã qualquer de folga. Aquela cena bem comum… tapetinho emborrachado e um tanto de brinquedos coloridos espalhados, em formatos variados, alguns barulhentos, outros não. Dá um cheiro, dá a mão pra ajudar a levantar, ri, apresenta um brinquedo, apresenta outro, inventa uma história, os bichinhos ganham nome e voam, outros falam. Quem senta pra brincar com crianças sabe como é… ;-)

Mas eis que comecei a observar aquela cena ali em minha frente, como quem assiste algo de fora. Meu amor e nosso afilhadinho querido matando saudade um do outro. Achei tão bonitinho e inspirador que peguei minha câmera e fiz umas fotos desse momento deles. Cinco minutinhos bastaram pra eu deixar esse carinho gravado pra sempre. Ainda bem! :)

Cores, sabores e texturas {ensaio de família}

julho 10th, 2015

Conheço a pequena Sara desde antes de seu nascimento, quando ela ainda estava na barriga de sua mãe. Seus pais frequentavam a Roda de Gestantes, em busca de informações e empoderamento para que pudessem proporcionar pra Sara uma chegada com muito amor e respeito. Mesmo depois do parto, ainda iam a algumas Rodas abertas para puérperas e bebês. E Sarinha ali, pequenininha, sempre atenta a tudo e toda simpática. Acho que puxou a simpatia dos pais.

Quando ela completou um ano, seus pais não fizeram festa, mas quiseram marcar a celebração pelo primeiro aninho da Sara e essa fase tão gostosa de descobertas com um ensaio fotográfico de família, inclusive com participação especial dos avós e tios. Amei a ideia! E fica a sugestão para as famílias que não são adeptas a festas de aniversário de um ano, seja por qual motivo for…

A mãe da Sara, prendada que só, preparou cada detalhe para nosso delicioso dia que foi repleto de cores, sabores e texturas. Dava gosto ver Sarinha se esbaldando nas frutas! Mais uma sugestão, dessa vez para as famílias que não concordam em fazer ensaio de bebê com bolo… Ensaio com frutas é muito mais saudável, fica super colorido e as crianças adoram!

Primeiros dias do Lorenzo {sessão Boas Vindas}

julho 6th, 2015

Antes de minha filha nascer, eu ficava imaginando como ela seria. Se iria chorar muito, se seria dorminhoca, se seria parecida comigo ou com o pai, se seria careca ou cabeludinha. Por mais que soubesse que a rotina da casa ia mudar, não tinha como saber o quanto mudaria. Como eu me sentiria vendo aquela pequena bebezinha mamando ou dormindo. E só quando o bebê nasce é que vamos descobrindo seu jeito, sua personalidade, suas manias. Só quando o bebê nasce que temos noção do nosso sentimento ao ver um filhotinho tão delicado e indefeso e, ao mesmo tempo, tão cheio de vontade. Por mais que a gente já sinta um amor enorme enquanto o bebê vai se formando e crescendo na barriga (e muitas vezes até antes de ter sido concebido), é com o convívio diário que vamos nos conhecendo e o vínculo vai se fortalecendo.

Juntando a minha vivência com a experiência que outras mães compartilham comigo no meu dia-a-dia, na intenção de contar uma história que faça sentido para seus personagens, quando fotografo um bebê que acabou de chegar procuro mostrar os jeitinhos dele desde pequenininho, um pedacinho do seu dia, os dedinhos tão delicadinhos, a boquinha desenhadinha, a pele descascando, a expressão da mãe ao amamentar… Tudo é novidade, para os pais e para o bebê. E passa tão rápido!

Depois que Lorenzo nasceu, fiz duas sessões dele bem pequenininho. A primeira com duas semanas de vida e a segunda com três semanas. Procurei mostrar sua delicadeza, o sono tranquilo, seu jeitinho de se espreguiçar, os dedinhos, seu rostinho todo desenhadinho, o cuidado de sua mãe.

Em poucas semanas o bebê vai ficando diferente. O cabelo muda, normalmente cai e pode mudar de cor. Ele cresce, engorda, o rostinho vai mudando. Os dentinhos aparecem. Hoje Lorenzo está um menino encantador! Lindo, esperto, serelepe, teimoso, engraçado, falante… E é tão gostoso olhar pra essas fotos e ver que apesar de todas as mudanças, alguns traços e trejeitos permanecem. A rapidez com que eles crescem faz dessas fotos um registro ainda mais valioso.

Não sei se era assim que seus pais imaginavam que ele seria, mas as fotos vão ajuda-los a lembrar sempre esses primeiros dias, seus sentimentos com a chegada do Lorenzo, as emoções, as inseguranças, a alegria, o sono… o pacote completo que acompanha esses pequenos adoráveis.

Se você reparou na fralda de pano das últimas fotos e tem curiosidade de saber onde comprar e outras informações, conheça a Nenê Nupano e saiba mais sobre as fraldas de pano modernas. :)

 

All Images Copyright Ana Paula Batista | Blog Theme Created by LJP & SLR Lounge